Warning: Declaration of YOOtheme\Theme\Wordpress\MenuWalker::walk($elements, $max_depth) should be compatible with Walker::walk($elements, $max_depth, ...$args) in /home/rafazimbaldi/www/novo/wp-content/themes/yootheme/vendor/yootheme/theme/platforms/wordpress/src/Wordpress/MenuWalker.php on line 8

Rafa Zimbaldi é eleito relator da CPI da Barragem de Salto Grande

Comissão que investiga Barragem de Salto Grande escolhe presidente, vice, relator e já define cronograma de trabalho

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo que vai investigar a real situação da Barragem de Salto Grande, localizada em Americana realizou sua primeira reunião na tarde desta terça-feira (04/06). A CPI é composta por nove deputados estaduais sendo que terá como presidente dos trabalhos o deputado Roberto Morais, como vice-presidente o deputado Dirceu Dalben e como relator o deputado Rafa Zimbaldi. 

“É uma grande responsabilidade assumirmos a relatoria dessa importante investigação para que possamos saber de fato todos os riscos ou não que a barragem pode causar nas áreas ao redor e, claro, evitar tragédias como a que ocorreram em Mariana e Brumadinho, ambas em Minas Gerais”. 

Durante o encontro o presidente da CPI apresentou aos colegas a proposta de cronograma de trabalho. “Regimentalmente temos o prazo de conclusão das atividades até 10 de setembro, podendo ainda se estender por mais 60 dias. Gostaríamos que nossos encontros neste mês de junho sejam semanalmente às terças-feiras, às 13h. Já na próxima semana vamos deliberar sobre os requerimentos de convites às autoridades para que já no dia 18 possamos iniciar as oitivas”, explica o deputado Roberto Morais.

Entre os nomes que devem ser ouvidos pela CPI estão os prefeitos de Limeira, Piracicaba, Sumaré e Americana, além de promotores e do jornalista da Rede Bandeirantes de Comunicação, Fabio Pannunzio – que fez uma investigação jornalística que apontou riscos de rompimento da barragem. 

*Saiba mais:*

A Barragem de Salto Grande está localizada no rio Atibaia, que pertence à bacia hidrográfica do rio Piracicaba, em Americana. Inaugurada em 1949 e operada pela CPFL Renováveis, tem 22 metros de altura e três unidades geradoras de energia.

Noticias, Rafa Zimbaldi