Eleito com mais de 80 mil votos, Rafa Zimbaldi toma posse como deputado estadual nesta sexta (15) com foco em trabalhar por Campinas e região

Eleito deputado estadual no ano passado com 80.789 votos, o campineiro Rafa Zimbaldi (PSB) toma posse na Assembleia Estadual de São Paulo (Alesp)  às 15 horas desta sexta-feira, dia 15 de março. Candidato de Campinas mais votado na própria cidade, quatro vezes vereador e duas presidente da Câmara Municipal, além de também ter ocupado a presidência do Parlamento Metropolitano da RMC, Rafa pretende atuar fortemente pela região e discorre sobre algumas das bandeiras que pretende defender.

“Como oriundo de Campinas, conheço e sei das demandas de nossa região, razão pela qual pretendo trabalhar fortemente pela RMC, lutando para aprovar emendas que tragam mais verbas em especial para a área da Saúde e da Educação”, diz o novo deputado, que antecipa ainda alguns projetos mais específicos que defendeu na campanha e que farão parte da agenda política dele na Alesp.

“Uma das nossas propostas, que farei o máximo possível para implementar, é a do Samu Animal em todo estado. O serviço, que surgiu de maneira pioneira em Campinas, conta com uma ambulância equipada para o transporte de bichos feridos por atropelamento, maus-tratos ou os que estão gravemente debilitados por doenças. Segundo a veterinária Nayra Ribeiro de Novaes, praticamente 95% dos animais abandonados e atropelados são salvos pela ação do Samu Animal, números que conformam minha crença de que essa é uma iniciativa que precisa ser ampliada para outras cidades”, diz.

Ele acrescenta que a ideia é que o serviço passe a existir em diversos municípios. “Sabemos que é impossível ter Samu Animal em todas as cidades do estado, até porque algumas cidades são menores e talvez não tenham esta necessidade, mas nosso plano é que, nestes casos, ele exista em municípios centralizados de uma mesma região e, sediado ali, possa atender os municípios mais próximos”, explica, acrescentando:  É importante deixar claro que essa demanda não significa em hipótese alguma que as outras devem ser deixadas de lado. A área da Saúde humana é uma das que mais necessita de atenção e também precisamos trabalhar por ela com afinco.”

Ouro Verde e Campo Grande

Autor das leis que criaram os distritos do Campo Grande e do Ouro verde em Campinas, beneficiando cerca de 500 mil pessoas que vivem e trabalham nos bairros que compõem estes distritos, Rafa Zimbaldi também quer, como deputado, transformar em realidade duas demandas destas regiões pelas quais já vinha lutando como vereador: a criação de alças de acesso que liguem a Rodovia dos Bandeirantes aos distritos e a criação de cartórios locais.

“Havíamos conseguido inclusive um compromisso do governador Márcio França de que as obras para as alças se iniciariam em dezembro do ano passado, mas com a transição entre governos isso não ocorreu. Vamos então levar esse projeto tão necessário ao atual governador, João Dória, e demonstrar o quanto essas alças são fundamentais para toda aquela população, pois irão desafogar o trânsito, criar novas rotas reduzindo o tempo absurdo que as pessoas passam nas vias atuais”, pontua.

Quanto aos cartórios, Rafa explica que eles são um serviço necessário à população. “Os Distritos ficam muito distantes do Centro e toda esta população precisa atravessar a cidade quando precisa de um cartório. Os distritos já fizeram com que diversos serviços municipais, como subprefeitura, Sanasa, bombeiros, Samu descentralizado e outros, fossem para aquela região. Cartórios, porém, dependem da esfera estadual e como deputado, ainda mais com o apoio de outros parlamentares,  acredito ter mais força para que eles possam ser levados ao Ouro Verde e Campo Grande. Vamos também lutar para unidades do Poupa-Tempo nos distritos”, afirma.

Rafa Zimbaldi

Nascido em julho de 1981, em Campinas, o vereador Rafa Zimbaldi foi vereador por quatro mandatos seguidos – foi eleito pela primeira vez para a Câmara para a legislatura 2005-2008, com apenas 23 anos, tornando-se um dos vereadores mais jovens da cidade. Já na última eleição, em 2016, foi o mais votado da cidade, com 11.640 votos.

Rafa foi duas vezes  presidente da Câmara Municipal de Campinas, cargo no qual se destacou pela competência e austeridade: renegociando contratos e com uma gestão eficiente, Rafa conseguiu fazer com que o Legislativo economizasse um total de R$ 66,7 milhões em quatro anos, valores que foram integralmente doados para a prefeitura.

Como vereador, além das leis que criaram os distritos do Ouro verde e Campo Grande, Rafa Zimbaldi se destacou por ter presidido as Comissões Processantes que cassaram, em virtude de um esquema de corrupção que desviou milhões de reais dos cofres municipais, o prefeito Hélio de Oliveira Santos e, na sequência, o vice-prefeito Demétrio Vilagra quando este assumiu a vacância.

Empresário, Rafa Zimbaldi é técnico em mecatrônica e tem curso superior incompleto – fez três anos de direito na Universidade Paulista (Unip) e um ano de Análise de Sistemas, mas não conseguiu conciliar trabalho e estudos. “Não desisti, ainda, porém, de completar o curso superior. Quem sabe no futuro eu consiga retomar os estudos”, diz.

Alesp, Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado estadual, Posse, Rafa Zimbaldi

Comentários (2)

Os comentários estão desativados.