HISTÓRIA

Rafa Zimbaldi nasceu no dia 28 de julho de 1981, em Campinas. Passou toda sua Infância na Região do Ouro Verde. Cresceu no meio político já que seu pai exerceu diversos cargos públicos. Em 2004 ganhou sua primeira eleição e janeiro de 2005 assumiu seu primeiro mandato como vereador, sendo um dos mais novos vereadores eleitos na história da cidade, com apenas 23 anos e no pleito foi o segundo mais bem votado.

Depois disso sua trajetória na política só cresceu. Foi eleito por mais duas vezes, sendo que em 2016 foi o vereador mais bem votado da cidade. Ao longo da sua vida como vereador assumiu ainda, por duas vezes, a presidência da Câmara de Campinas e durante esse período realizou diversas ações de economia do dinheiro público totalizando entre os dois mandatos como presidente, economizando 66,7 milhões de reais que foram doados à prefeitura para que pudessem ser investidos nas áreas da saúde, educação e segurança.

Até quem em 2018 sentiu que era hora que alcançar novos voos. Rafa foi eleito Deputado Estadual com 80.789 votos recebidos em mais de 580 cidades de todo o estado.

TRAJETÓRIA

2004

Eleito pela primeira vez como vereador com 11.209 votos – sendo o segundo mais votado da cidade

2008

Reeleito vereador com 4.062 votos

2012

Rafa assumi seu terceiro mandato, novamente sendo o segundo mais votado da cidade com 9.374 votos

2016

Rafa é reeleito como o vereador mais votado de Campinas com 11.640 votos e pela segunda vez recebe a confiança dos demais vereadores e assume a presidência da Câmara de Campinas

2018

Rafa é eleito como Deputado Estadual com 80.789 votos

Saiba mais sobre atuação de Rafa como Deputado

Rafa Zimbaldi assumiu seu mandato como deputado estadual no dia 15 de março de 2019 e logo no início teve uma importante missão para cumprir em defesa dos jovens: Garantir que o Projeto Guri não perdesse verbas do governo estadual que poderiam ocasionar o fechamento do projeto em muitas cidades.

Rafa agiu, convocou o secretário de Cultura para esclarecimento, mobilizou a população e o governador reviu a decisão e manteve os recursos para o projeto. O Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Mais de 50 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o Estado de São Paulo

Na Assembleia Legislativa, Rafa foi eleito presidente da Comissão de Assuntos Metropolitanos, a segunda comissão mais importante da Alesp e Rafa que já colocou em pauta importantes discussões como o projeto do Trem Intercidades, a construção das alças de acesso que ligam os distritos do Ouro Verde e Campo Grande à Rodovia dos Bandeirantes, a criação da região metropolitana de Jundiaí, entre outros temas.

Rafa também é membro de outras XX comissões, entre elas a Comissão de Fiscalização e Controle. Dentro dessa comissão, Rafa quer fiscalizar as tarifas dos pedágios, por isso já solicitou que governador João Dória envie – de forma digital – ao parlamentar todos os contratos, aditamentos e processos relacionados às concessões de rodovias do estado.

Outra importante atividade parlamentar que Rafa está desenvolvendo na Assembleia Legislativa é a participação na CPI da Barragem de Salto Grande. Rafa recebeu a confiança dos colegas parlamentares de ser relator dessa CPI que investiga se a Barragem localizada em Americana oferece algum risco de rompimento podendo causar danos nas cidades da região como Limeira e Piracicaba. Na reunião do dia 25 de junho, a CPI recebeu o promotor de justiça Ivan Castanheira que afirmou ao presentes que esteve no local, em virtude de um inquérito que foi aberto no Ministério Público também para apurar o caso e que não encontrou riscos eminentes e visuais de que a barragem possa se romper. Entretanto chamou a atenção para que os parlamentares fiscalizem a questão da qualidade da água do local, que recebe esgoto de mais de 11 cidades.

Preocupado com o futuro dos jovens, Rafa criou a Frente Parlamentar de Prevenção, Combate e Enfrentamento às Drogas, com o objetivo  de trazer a discussão desta temática para o âmbito estadual, com especialistas, entidades e órgãos governamentais.

Projetos:

- Criou a PEC da Transparência, que obriga o governo estadual a cumprir compromissos de campanha

- Saúde Nota 10: reverte os valores arrecadados com a Nota Fiscal Paulista para Santas Casas e Hospitais Filantrópicos;

- Ceasa/Ceagesp Legal: regulamenta a profissão dos carregadores autônomos em todo o estado de SP, lembrando que quando o Rafa quando foi vereador em Campinas, fez essa proposta e ela se tornou lei no âmbito municipal;

- B.O.M Para Todos: Garante a integração da passagem do transporte público entre a rede metropolitana e a municipal

e de mais 11 projetos de Lei

Total de proposições: 228, entre projetos de lei, indicações, propostas de emenda à constituição

Saiba mais sobre atuação de Rafa como vereador em Campinas

Presidência da Câmara de Campinas e mandatos como vereador:

Na primeira gestão como presidente (biênio 2015-2016), Rafa Zimbaldi propôs mudança no regimento interno da Câmara de Campinas e reduziu o número de cargos comissionados do Legislativo de 1749 para 568 cargos. A partir de 2017, uma nova redução: cada gabinete, que tinha até 15 assessores, passou a ter no máximo dez e, atualmente, são no máximo sete por gabinete.

Outra marca de Rafa enquanto vereador e presidente é a transparência. Sob o comando de Rafa, a Casa implementou o Portal da Transparência, onde são disponibilizados todos os dados do Legislativo sobre gastos, contratos, salários, planejamento, licitações e muito mais. Rafa também revolucionou a TV Câmara Campinas, que agora transmite em sinal digital 39.3, além do canal 4 da NET e transmissões simultâneas na Internet. O canal, além de transmitir as atividades legislativas, dando mais transparência, abriu espaço para notícias, serviços, cultura, educação e entretenimento com foco na cidade, mostrando mais de Campinas e região para quem mora aqui.

Rafa também trabalhou na modernização da Câmara, instalando Internet mais rápida e barata (e aberta gratuitamente à população), sistema de telefonia Voip e o processo de digitalização de documentos – o que substituirá o papel, gerando economia e auxiliando o meio-ambiente. Foi na gestão de Rafa que o legislativo se modernizou e passou a ter sistema integrado de votação no Plenário, com videowalls que registram a votação publicamente para o público conferir em tempo real. Tudo isso traz mais eficiência, rapidez e economia para o Legislativo.

Por fim e não menos importante, um outro fato marcou a trajetória política de Rafa: no mandato 2009-2012 o parlamentar foi presidente das duas Comissões Processantes instaladas na Câmara em 2011 e que resultaram na cassação de dois prefeitos da cidade. Rafa também entrou com ação para bloquear os bens dos envolvidos para que, findo os julgamentos em última instância (que ainda não ocorreu), os valores desviados sejam devolvidos aos cofres públicos.

Projetos: 

- Criação dos distritos do Ouro Verde e Campo Grande:

Como vereador uma das mais importantes ações de Rafa foi encabeçar o projeto que deu origem a criação dos distritos do Ouro Verde e Campo Grande. As suas duas regiões de Campinas totalizam 30% da população e precisavam de mais autonomia para se desenvolver. Rafa solicitou a realização do estudo técnico do Instituto Geográfico e Cartográfico do Estado de São Paulo, pediu a realização do plebiscito para que a população mostrasse a sua opinião e depois participou ativamente da criação dos distritos. Agora, cerca de 400 mil pessoas já contam com estruturas e serviços que não tinham, como subprefeituras, base da polícia municipal, equipe de corpo de bombeiros e ainda terá Poupatempo, cartórios e alça de acesso que ligue os bairros à Rodovia dos Bandeirantes.

- Samu Animal

- Carregadores Ceasa

Programa Jovens do Futuro

Rafa Zimbaldi é o idealizador do Projeto Jovens do Futuro na região do Ouro Verde, criado com o objetivo de levar atividades esportivas e culturais gratuitas para crianças e jovens de bairros da periferia, além de proporcionar cursos de capacitação para a população de baixa renda. O projeto conta com aproximadamente 100 voluntários e já formou mais de 20 mil pessoas nas áreas de pintura, secretariado, cabeleireiro, manicure, informática, tratamento facial, língua espanhola, inglês , entre outros.